Obrigado por visitar o meu blog do carnaval de 2011

Search

Carregando...

Blog Archive

Atenção senhores compositores: envie o seu CD para Rádio Orkut Tribuna do Grande Rio, através do www.marcosmanso2.blogspot.com ou telefone 21 - 37600252
Marcos Manso "Marquinho" Jornalista, Presidente da Associação de Imprensa - AIB Redator-chefe do Jornal Tribuna do Grande Rio Editor da Revista Samba & Turismo Editor do Jornal Folha da Baixada Diretor da Rádio Orkut Tribuna do Grande Rio

Fale comigo!

Compositores são bicampeões na Mocidade Independente

Rio - A Mocidade Independente escolheu, na madrugada desta segunda-feira, o samba-enredo para o Carnaval 2011. A obra é assinada pelos compositores J. Giovanni, Zé Glória e Hugo Reis, que também venceram no ano passado. O enredo da verde e branco se chama "Parábola dos Divinos Semeadores" e está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Cid Carvalho. O desfile contará com um apoio financeiro de R$ 3,6 milhões da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária.



A agremiação é cinco vezes campeã do Grupo Especial (1979, 1985, 1990, 1991 e 1996). No último Carnaval, a Mocidade conquistou a 7ª colocação no desfile do Grupo Especial. A Mocidade será a 3ª escola a desfilar no Domingo de Carnaval.

Parceria campeão na Mocidade | Foto: Divulgação

Enredo: "Parábola dos Divinos Semeadores"
Autores: J. Giovanni, Zé Glória e Hugo Reis

Uma luz no céu brilhou, liberdade!
Meu coração venceu o medo
O que era gelo se tornou felicidade
É fartura se espalhando pelo chão
A natureza tem mistérios e magias
Rituais, feitiçarias, deuses a me abençoar
Guiado pela luz da estrela guia
Eu vou por onde a semente me levar

O que eu plantei, o mundo colheu
Um milagre aconteceu
A vida celebrou um ideal
E a esperança se transforma em festival


Festa de Ísis, do boi e do vinho
Até em Roma a semente foi brotar
Mudaram meu papel, Padre Miguel!!!
Hoje ninguém vai me censurar
No baile da máscara negra
Até a nobreza teve que engolir
Meu Brasil, de norte a sul sou manifestação
Aonde vou arrasto a multidão
De cada cem só não vem um
Vou voltar, um dia ao espaço sideral
E reviver o meu ziriguidum, em alto astral

Tá todo mundo aí??? Levante a mão
Quem é filho desse chão
Chegou a Mocidade fazendo a alegria do povo
Meu coração vai disparar de novo

Mocidade em festa: carnavalesco Cid Carvalho (C) comemora com os puxadores Rixa e Nêgo | Foto: Divulgação