Obrigado por visitar o meu blog do carnaval de 2011

Search

Carregando...

Blog Archive

Atenção senhores compositores: envie o seu CD para Rádio Orkut Tribuna do Grande Rio, através do www.marcosmanso2.blogspot.com ou telefone 21 - 37600252
Marcos Manso "Marquinho" Jornalista, Presidente da Associação de Imprensa - AIB Redator-chefe do Jornal Tribuna do Grande Rio Editor da Revista Samba & Turismo Editor do Jornal Folha da Baixada Diretor da Rádio Orkut Tribuna do Grande Rio

Fale comigo!

Neguinho da Beija-Flor quer ser prefeito de Nova Iguaçu


Em entrevista a O Dia Online, sambista fala sobre projetos, referenciais e aspirações políticas

POR PEDRO DE FIGUEIREDO

Rio - Neguinho da Beija-Flor quer ser prefeito de Nova Iguaçu. Nascido na cidade, o sambista conversou com O Dia Online sobre o projeto. Até o momento, tudo indica que ele vai se candidatar pelo PSC. Em um município com fortes rachas entre grupos políticos, como o do deputado Nelson Bornier e do senador Lindebrg Farias, Neguinho promete que será uma terceira via política na cidade. "Eu serei da coluna do meio", garante ele.

Segundo Neguinho, a ideia de se candidatar surgiu durante o tratamento contra o câncer que teve no intestino. Ele afirma nunca antes ter pensado na possibilidade de seguir pela vida política, mas ao ficar sensibilizado pela doença, se perguntou como poderia ajudar pessoas que conhece desde infância.

"A ideia surgiu porque Nova Iguaçu me deu tudo e chegou a hora de eu recompensar meu berço", disse o sambista que tem uma casa no bairro Nova América, onde passou a infância.

Foto: Felipe O'Neill /Agência O Dia
Neguinho disse que quer ajudar o município onde nasceu e foi criado | Foto: Felipe O'Neill / Agência O Dia

Após expressar seu desejo há alguns meses, Neguinho foi assediado por diversos partidos. No entanto, ele disse procurar um "partido pequeno" e compara com a sua escola de samba do coração: a Beija-Flor.

"Não tenho nada contra partido grande, mas eu prefiro começar como eu comecei com a Beija-Flor. Quando eu entrei na escola, ninguém falava nela, era uma escola coadjuvante. Hoje somos uma das maiores agremiações do Carnaval do Rio".

Apesar das opções partidárias, ele acredita que seu maior exemplo na política é o ex-presidente Lula. "Não tem ex-presidente maior do que ele. O cara começou torneiro mecânico e se tornou o maior presidente que o país já teve", falou.

Foto: Carlos Moraes / Agência O Dia
"Minha profissão é o samba", disse o cantor. Na foto, Neguinho animando a Sapucaí no defile vitorioso da Beija-Flor este ano | Foto: Carlos Moraes / Agência O Dia

Neguinho repreende a ideia de que se candidataria para ganhar dinheiro. Ele garante que vai permanecer trabalhando como intérprete mesmo eleito. Segundo ele, seu objetivo como prefeito é apenas ajudar quem mais precisa.

"Para que eu quero ser rico nessa altura do campeonato, aos 60 anos? Não vou fazer da política minha profissão, porque minha carreira é na música. Meu objetivo é ajudar, mas se não quiserem me eleger não tem problemas, eu vou continuar cantando o meu sambinha. Se quiser votar em mim tudo certo, se não quiser está tudo certo também", disse Neguinho com simplicidade.

Se eleito, o cantor garante: seu primeiro projeto será levar saneamento básico às comunidades mais pobres. No entanto, entre as propostas, sua menina dos olhos é relacionada ao samba: "Quero fazer uma Cidade do Samba no nível da do Rio aqui em Nova Iguaçu. Com direito a passarela do samba", finaliza o novo político.

Foto: Carlo Wrede / Agência O Dia
Na apuração do desfile de 2011, Neguinho ri com integrantes da Beija-Flor. Ele deve se candidatar pelo PSC | Foto: Carlo Wrede / Agência O Dia

Decisão de partido deve sair já na próxima semana

Já na segunda-feira, Neguinho se reúne com o vice-presidente do Diretório Estadual do partido, deputado Hugo Leal. Segundo o parlamentar, a sigla já fez o convite oficial e falta apenas a concordância de Neguinho. O deputado descarta a possibilidade da falta de experiência política atrapalhar a gestão do cantor.

"Eu o vejo como uma pessoa que já passou por tantas dificuldades na vida que não terá problemas em superar a falta de experiência. Além disso, o administrador hoje tem que ter uma sensibilidade muito grande. O foco principal é ter vontade e saber que a coisa pública não é dele, mas que ele está representando as pessoas. Isso o Neguinho tem de sobra", disse o deputado.

O PSC atualmente tem quatro prefeituras no estado do Rio: Quissamã, Nova Friburgo, Casimiro de Abreu e Valença. Nenhuma das quatro cidades chega a 200 mil habitantes. Se a filiação de Neguinho se confirmar e ele vier a ser eleito, o partido assumiria o comando de um município com mais de 900 mil habitantes.